Bolsonaro ignora justiça e volta fazer propaganda sobre Kit Gay

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
(Ronaldo Silva/Futura Press)
(Ronaldo Silva/Futura Press)

Candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro decidiu desrespeitar determinação da Justiça Eleitoral e voltou a veicular material sobre “kit gay” em inserções de 30 segundos na TV e no rádio.

No material divulgado, Bolsonaro associa Fernando Haddad (PT) a veiculação de um filme com “beijo lésbico” para crianças de seis anos em idade escolar.

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Horbach já havia determinado a suspensão de propagandas com a expressão “kit gay”. “É igualmente notório o fato de que o projeto ‘Escola sem Homofobia’ não chegou a ser executado pelo Ministério da Educação, do que se conclui que não ensejou, de fato, a distribuição do material didático a ele relacionado. Assim, a difusão da informação equivocada de que o livro em questão teria sido distribuído pelo MEC gera desinformação no período eleitoral, com prejuízo ao debate político, o que recomenda a remoção dos conteúdos com tal teor”, escreveu em sua decisão.

A peça eleitoral de Bolsonaro provocou revolta no Twitter. Veja alguns comentários:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos