Bolsonaro ignora um terço dos brasileiros sem comida suficiente e recebe críticas

Presidente Jair Bolsonaro deu entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, e negou a fome no Brasil (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro deu entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, e negou a fome no Brasil (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)

Uma declaração do presidente Jair Bolsonaro (PL) durante entrevista no programa Pânico, da Jovem Pan, pautou as redes sociais nesta sexta-feira (26). O mandatário afirmou que não se vê pedintes ou pessoas passando fome no Brasil – quando um terço da população não tem comida suficiente em casa, segundo dados do Datafolha.

“Alguém vê alguém pedindo pão no caixa da padaria? Você não vê, pô”, disse, ao rebater falas da candidata Simone Tebet (MDB) de que brasileiros estavam passando fome.

Em seguida, Bolsonaro tentou concertar. “Tem gente que passa mal, sim, quem porventura está na linha de pobreza, passando fome, que sim, deve ter gente passando fome.”

A fala do presidente chocou parte dos eleitores porque em diversas partes do país é, sim, frequente ver brasileiros pedindo comida seja em faróis, saídas de padarias ou farmácias. As placas, em muitos casos, justificam o pedido: estou com fome.

Os dados também mostram que a fala de Bolsonaro ignora um problema evidente no país. Segundo pesquisa Datafolha divulgada no início do mês de agosto, um a cada três brasileiros diz que a quantidade de comida em casa nos últimos meses não foi suficiente para alimentar toda a família.

O levantamento foi feito entre os dias 27 e 28 de julho e ouviu 2.556 pessoas. A pesquisa mostrou que o índice aumentou entre maio e julho: eram 26% de brasileiros sem comida suficiente, um quarto da população; em dois meses, o índice subiu para 33%, um terço da população.

Mulheres (37%), pretos (40%) e nordestinos (42%) são os que mais sofrem com comida insuficiente, de acordo com o Datafolha.

Outro dado que expõe o problema da fala de Jair Bolsonaro é sobre o número de brasileiros passando fome: segundo o Inquérito Nacional Sobre Segurança Alimentar no Contexto da Pandemia de Covid-19 no Brasil, feita pela Rede Penssan, divulgada em junho de 2022, 33 milhões de brasileiros estão em situação de fome.