Bolsonaro inaugura terça-feira na Bahia o Aeroporto Glauber Rocha

Heloisa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, inauguram, na próxima terça-feira (23), o Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, na Bahia. Localizada a 518 quilômetros de Salvador, a cidade receberá o novo aeroporto com capacidade para atender até 500 mil passageiros por ano. Este foi um dos assuntos desta quinta-feira (18), durante a transmissão semanal ao vivo do presidente em sua página oficial no Facebook.

“Trata-se da maior obra de aviação regional do Brasil, [a] que o governo deu continuidade mostrando compromisso com a infraestrutura e que infraestrutura para o governo Bolsonaro é uma questão de Estado. Então, o governo vai concluir, entregar essa obra à sociedade baiana. É importante para aviação regional, para conectividade do estado”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

Ao todo, a obra recebeu investimento de R$ 106 milhões, dos quais R$ 75 milhões oriundos do governo federal e R$ 31 milhões do estadual. O novo aeroporto tem pista de pouso e decolagem de 2.100 metros com 45 metros de largura e pátio tem capacidade para até cinco aviões. Segundo Tarcísio Freitas, o novo aeroporto viabilizará o recebimento de mais voos comerciais pela região.

Obras

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, a meta do governo federal é concluir obras inacabadas pelo país. Segundo Tarsício Freitas, atualmente o país tem cerca de 14 mil obras inacabadas. 

“O mérito do [ministro] Tarcísio é não deixar a obra parada, é concluir a obra. Nós não pretendemos iniciar nenhuma obra, mas a nossa ideia é concluir o que foi feito”, ressaltou o presidente.  

O ministro destacou ainda a conclusão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), que ligará o futuro Porto de Ilhéus (no litoral baiano) a Figueirópolis (em Tocantins). Com aproximadamente 1.527 quilômetros de extensão, a FIOL se conectará à Ferrovia Norte-Sul.

“Essa ferrovia deve ser concessionada no início do ano que vem, em 2020. Mas as obras vão ter continuidade, com recursos garantidos pelo governo federal”, afirmou. 

200 dias

O presidente Jair Bolsonaro participou, na tarde desta quinta-feira, de cerimônia alusiva aos seus 200 dias de governo. Para marcar a data, o presidente anunciou várias medidas, como a revogação de normas e decretos que desburocratizam a administração pública.

Bolsonaro também assinou a regulamentação do Selo Arte, que permite a venda de produtos artesanais de origem animal em todo o país. A medida deve beneficiar, por exemplo, produtores de queijos, doces e embutidos.