Bolsonaro ironiza possibilidade de ser multado e chama Doria de “doninho de São Paulo”

·2 minuto de leitura
Bolsonaro voltou a fazer críticas a João Doria (Evaristo Sá/AFP via Getty Images)
Bolsonaro voltou a fazer críticas a João Doria (Evaristo Sá/AFP via Getty Images)
  • Bolsonaro ironizou as ameaças de Doria sobre uma possível multa na visita do presidente

  • O governador prometeu punir Bolsonaro caso ele ande por São Paulo sem máscara

  • Bolsonaro chamou Doria de "doninho de São Paulo" e disse nem conhecê-lo

Jair Bolsonaro (sem partido) parece não ter levado a sério os avisos do governador de São Paulo, João Doria (PSDB) sobre a aplicação de uma possível multa caso o presidente ande sem máscara pelo estado. Em conversa com seus apoiadores, Bolsonaro ironizou a declaração de Doria.

"Quem é o governador de São Paulo? Não conheço. Virou 'doninho' de São Paulo? ‘Ai, se vier aqui, eu multo’. É assim agora lá?", declarou nesta sexta-feira quando deixava o Palácio da Alvorada.

Leia também:

Bolsonaro deixou Brasília nesta manhã rumo ao Espírito Santo, onde cumpriria agenda em algumas cidades em sua primeira visita ao estado como presidente.

Ele deve desembarcar em São Paulo no sábado, para participar de uma manifestação de motociclistas em seu apoio, em resposta aos protestos de 29 de maio contra o presidente.

Doria prometeu em coletiva multar Bolsonaro - Foto: Reprodução/Governo do Estado de São Paulo
Doria prometeu em coletiva multar Bolsonaro - Foto: Reprodução/Governo do Estado de São Paulo

Diante da postura combativa de Bolsonaro a ações básicas de proteção contra a Covid-19, como o uso de máscaras, Doria disse na última quarta-feira que multará o presidente caso ele não utilize o equipamento durante sua passagem por São Paulo.

“Se o presidente Jair Bolsonoaro, imagino que pelo fato de ser presidente, vier a São Paulo participar de um movimento de rua, seja qual for a razão e o motivo, e não usar máscara, ele será multado, como qualquer outro cidadão que não usar máscara e, principalmente, em uma circunstância como essa”, declarou.

Doria responde Bolsonaro após ser chamado de “sunguinha apertadinha”

A utilização de máscara também foi assunto da última live de Bolsonaro. Na quinta-feira, o presidente criticou Doria por sua visita ao Rio de Janeiro, onde foi flagrado sem o equipamento de proteção tomando sol em um hotel de luxo.

"Vemos um governador de um estado, que não vou falar qual é, que fecha o estado e vai para Miami, e agora foi plotado num hotel do Rio de Janeiro com a sunguinha apertadinha. Ninguém sabe quem é... É o sunguinha apertadinha”, declarou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Nesta sexta, Doria utilizou as redes sociais para responder o presidente. “Depois de ter tomado duas doses de antirrábica, Bolsonaro passa de raivoso para apaixonado. Ele dorme sonhando com minha calça apertada e acorda pensando na minha sunga apertada. É muito amor”, ironizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos