Bolsonaro já pensava em falar aos embaixadores desde o início do mês

A primeira vez que Jair Bolsonaro externou a um grupo mais amplo do seu governo sua ideia de falar aos embaixadores sobre suas desconfianças em relação às urnas eletrônicas foi na reunião ministerial ocorrida no dia 6 de julho.

Na ocasião, irritado, muito irritado, aliás, disse que foi informado que Edson Fachin tivera um encontro com o corpo diplomático em Brasília para falar justamente do processo eleitoral, em 30 de maio. E que ele convocaria o mesmo grupo para ouvir a versão dele sobre o tema. E assim foi feito — e do pior jeito possível.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos