Bolsonaro já poderia ser investigado por rachadinha, diz ex-PGR

O presidente Jair Bolsonaro já poderia ser investigado pelos indícios da prática de “rachadinha” no gabinete dele quando era deputado federal, afirmou o ex-procurador-geral da República Cláudio Fontele à coluna do UOL.