Bolsonaro leva ao programa de TV imagens e discursos do 7 de Setembro

O programa de Jair Bolsonaro (PL) no horário eleitoral de TV deste sábado usou imagens dos atos de 7 de Setembro, em que o presidente misturou eventos oficiais de comemoração do bicentenário da Independência com manifestações de campanha pela reeleição.

Veja também: Lula diz que 'não interessa' se Bolsonaro é 'imbrochável', e que as pessoas querem emprego

Jogador do Tottenham: Lucas Moura declara voto em Bolsonaro e viraliza ao comparar comunismo e nazismo

Adversários na disputa presidencial recorreram ao TSE para que a campanha à reeleição não fosse autorizada a exibir as imagens, sob alegação de que Bolsonaro cometeu abuso de poder político ao misturar atos oficiais e eleitorais. O tribunal ainda não julgou as ações.

No programa de Bolsonaro foram exibidas imagens tanto dos atos em Brasília quanto no do Rio de Janeiro, ambos com a presença do presidente. Foi mostrado trecho do discurso do chefe do Executivo no palanque em Brasília, em que ele prega a defesa de valores conservadores.

Os atos de 7 de Setembro foram o principal fato político da última semana da corrida presidencial. Na última sexta-feira, o Datafolha divulgou a primeira pesquisa feita após o dia da Independência. O levantamento mostrou que Bolsonaro oscilou dois pontos positivamente e diminuir para 11 pontos percentuais a vantagem do ex-presidente Lula (PT). Apesar da grande exposição que teve no 7 de Setembro, porém, o presidente não conseguiu reduzir sua rejeição, atualmente em 51%, e nem a avaliação positiva do governo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos