Bolsonaro libera voos na classe executiva para ministros em viagens internacionais de mais de sete horas

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto liberando voos na classe executiva para ministros do governo federal, desde que sejam em viagens internacionais que durem mais de sete horas. O texto foi publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial da União (DOU).

Em 2018, o então presidente Michel Temer editou um decreto estabelecendo que "a passagem aérea destinada ao servidor e aos respectivos dependentes será adquirida pelo órgão competente sempre na classe econômica". Quem quisesse uma passagem melhor deveria pagar a diferença.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos