Bolsonaro: Metade dos brasileiros avalia governo “ruim e péssimo” em pesquisa

O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Andre Borges/NurPhoto via Getty Images)

A avaliação negativa de Bolsonaro disparou 10% em 35 dias e alcançou 50%, segundo pesquisa da XP Investimentos realizada pelo instituto Ipespe. Em 15 de abril, a porcentagem de “ruim e péssimo” correspondia a 40% dos entrevistados.

Enquanto metade dos brasileiros consultados avaliaram o governo negativamente, 25% classificaram como “ótimo ou bom” e 32%, regular.

Leia também

A única região em que o desempenho de Bolsonaro não piorou foi o Nordeste. Nas duas últimas pesquisas, em 30 de abril e 20 de maio, registrou queda de 3% na avaliação negativa, ou seja, menos pessoas avaliaram o governo como "ruim e péssimo".

O Nordeste foi a única região onde Bolsonaro não venceu Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição presidencial de 2018.