Bolsonaro nomeia Onyx na Secretaria-Geral e deputado do Republicanos na Cidadania

Daniel Gullino
·1 minuto de leitura

O presidente Jair Bolsonaro nomeou nesta sexta-feira Onyx Lorenzoni como novo ministro da Secretaria-Geral da Presidência. Para o lugar de Onyx no Ministério da Cidadania foi nomeado o deputado federal João Roma (Republicanos-BA).

As nomeações foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) no início da noite desta sexta-feira. A mudança no ministério não foi anunciada por Bolsonaro nas redes sociais, como ele costuma fazer na maioria dos casos.

João Roma está em seu primeiro mandato de deputado federal. Entre 2013 e 2018 foi chefe de gabinete de ACM Neto, durante sua gestão na prefeitura de Salvador.

Roma foi indicado para o cargo pelo presidente do Republicanos, o também deputado Marcos Pereira (SP). Entretanto, ACM Neto trabalhou contra a indicação do aliado, para tentar evitar que seu nome fosse associado à nomeação.

No caso de Onyx, esse é o terceiro ministério que ele ocupa no governo Bolsonaro. Ele comandou a Casa Civil do início da administração até fevereiro de 2020, quando foi deslocado para a Cidadania. Agora, com a ida para a Secretaria-Geral, ele volta a despachar no Palácio do Planalto, onde ficam os ministros mais próximos do presidente.

A Secretaria-Geral estava vaga desde dezembro, quando o então ministro Jorge Oliveira deixou o cargo para ir para o Tribunal de Contas da União (TCU).