Bolsonaro fala que 'novo grito de independência do Brasil' está chegando

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
BRASILIA, BRAZIL - MARCH 31: President of Brazil Jair Bolsonaro speaks during pronouncement on the new emergency aid amidst the coronavirus pandemic  (COVID-19) at the Planalto Palace, on March 31,2021 in Brasilia, Brazil. Brazil has over 12,658,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 317,646 deaths. (Photo by Mateus Bononi/Getty Images)
Em fala genérica e sem especificar nada, Bolsonaro disse que "está chegando a hora de o Brasil dar seu novo grito de independência". (Foto: Mateus Bononi/Getty Images)
  • Bolsonaro voltou a chamar governadores de 'pseudo ditadores' por restrições de circulação devido à pandemia

  • Na fala, presidente afirmou que o Brasil dará 'seu novo grito de independência'

  • Apesar da média diária de 3 mil mortes no Brasil, Bolsonaro prevê um "fim rápido" para a situação

Na véspera da instalação da CPI do Covid pelo Senado, o presidente Jair Bolsonaro voltou nesta segunda-feira a criticar governadores, a quem chamou de "pseudo ditadores" por terem adotado medidas de restrição de circulação por causa da pandemia da Covid-19, e afirmou que está na hora do Brasil dar "seu novo grito de independência". 

Em uma cerimônia em que foi inaugurar 22 quilômetros da duplicação na BR-101 na Bahia, o presidente afirmou que não se pode admitir que "alguns governadores imponham uma ditadura no país"

Leia também

"Está chegando a hora de o Brasil dar seu novo grito de independência", disse o presidente, se especificar ao que estava se referindo. 

Bolsonaro ainda previu um fim rápido para a situação vivida pelo país hoje, de restrições de circulação e crise econômica, apesar do Brasil ter ainda quase 3 mil mortes diárias pela Covid-19 e entre 40 mil e 50 mil novos casos diários. 

BRASILIA, BRAZIL - APRIL 11: Protesters against lockdown participate in the March of the Christians (Pro-Christianity Manifestation) amidst the coronavirus (COVID-19) pandemic in front of the Brazilian Congress on April 11, 2021 in Brasilia, Brazil. During the act there were demonstrations of support for Brazilian President Jair Bolsonaro. Brazil has over 13.445,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 351,334 deaths. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)
Manifestantes contra o lockdown participam da Marcha dos Cristãos e criticando as ações de prefeitos e governadores no combate à pandemia de coronavírus. (Foto de Andressa Anholete / Getty Images)

"Esse suplício está chegando ao fim. Logo voltaremos à normalidade", disse. 

A CPI da Covid, que investigará a resposta do governo federal à pandemia e as ações do presidente, que frequentemente descumpre normas sanitárias básicas, como uso de máscaras e evitar aglomerações, será instalada no Senado na terça. 

Nesta segunda, na Bahia, Bolsonaro foi filmado por membros de sua equipe sem máscara, cumprimentando centenas de pessoas aglomeradas. 

O evento de inauguração da duplicação era fechado à população, mas o próprio presidente revelou, em seu discurso, que pediu que fosse aberto para entrada das pessoas que o esperavam, causando mais aglomerações. 

da Reuters