Bolsonaro pode cancelar ida à Fiesp no dia 11 de agosto

Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

Interlocutores aconselharam o presidente Jair Bolsonaro (PL) a cancelar a ida à Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) no dia 11 de agosto. A informação é do jornalista Valdo Cruz, da GloboNews.

Como foi reportado antes, o chefe do Executivo aceitou o convite da federação para o ciclo de encontros com candidatos à Presidência e a entidade. No evento, segundo a coluna, eles serão convidados a assinar o manifesto da Fiesp em defesa da democracia.

Para interlocutores, a reunião na entidade pode se transformar em um “constrangimento” para Bolsonaro, já que ele tem criticado os manifestos em defesa da democracia.

Além disso, há um receio de que o presidente seja alvo de protestos em São Paulo no dia, pois, mais cedo, ocorrerá um ato na Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), no Largo São Francisco, que marcará o lançamento de dois manifestos em defesa da democracia —um deles encabeçado pela própria Fiesp.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos