Bolsonaro promove segurança de campanha a '02' da Abin

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO — O delegado da Polícia Federal e ex-segurança de campanha do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Carlos Gomes Coelho, foi promovido a diretor adjunto da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), segundo cargo na hierarquia da agência chefiada por Alexandre Ramagem.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira. Ele irá substituir o também delegado Frank Márcio Oliveira.

Coelho foi integrante do grupo que fez a segurança de Bolsonaro após o episódio da facada em Juiz de Fora (MG), sob coordenação de Ramagem. Ele já exercia cargo de confiança na Abin, atuando como secretário de Planejamento e Gestão do atual diretor-geral da agência.

Assim como Ramagem, Carlos Gomes Coelho passou no início do governo Bolsonaro pelo Palácio do Planalto, antes de ser alocado no serviço de inteligência. Ambos foram foram assessores especiais na Secretaria de Governo da Presidência, comandada na época pelo general Carlos Alberto Santos Cruz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos