Bolsonaro redireciona R$ 11 milhões ao Ministério da Defesa por combate a coronavírus

Gustavo Maia
Chegada dos brasileiros vindos de Wuhan, na China, à Base Aérea de Anápolis, onde ficarão em quarentena

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro editou nesta segunda-feira uma medida provisória (MP) para abrir crédito extraordinário no valor de aproximadamente R$ 11,3 milhões para o Ministério da Defesa. O objetivo é financiar o combate ao novo coronavírus.O ato foi publicado na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União. A atividade citada na MP é o "enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus".

Leia mais: Coronavírus: brasileiros que deixaram China chegam a AnápolisOs R$ 11.287.803,00 redirecionados a partir de anulação parcial de dotação orçamentária, da reserva de contingência financeira e fiscal. Assinada na última sexta-feira, a medida entra em vigor já nesta segunda, data de sua publicação.