Bolsonaro reforça desejo por CPI da Petrobras e ameaça: 'Vamos para dentro'

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que conversou com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e com o líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR) sobre a abertura de uma CPI para investigar a Petrobras. O presidente e seus aliados aumentaram de vez os ataques à empresa desde sexta-feira, quando a estatal anunciou um novo aumento do diesel e da gasolina.

— Conversei com o líder do governo e com o presidente da Câmara para a gente abrir uma CPI na segunda-feira. Vamos para dentro da Petrobras. É inadmissível em uma crise mundial ,a Petrobras se gabar dos lucros que tem. Só no primeiro trimestre foram 44 bilhões de lucro, nunca vistos na história — afirmou Bolsonaro durante um discurso em um culto evangélico em Manaus.

Repercussão: Decisão de André Mendonça sobre Petrobras e ICMS dos combustíveis causa mal-estar no STF

Defesa do consumidor: Tem dívida? Cuidado, até sua geladeira pode ser penhorada

Luxo: Aeroporto de Guarulhos terá terminal VIP para ricos

Já na quinta-feira, durante transmissão em suas redes sociais, o presidente disse que um novo reajuste seria considerado um "ataque com interesse político" por parte da Petrobras. Após as primeiras informações sobre a decisão da diretoria da empresa de reajustar o valor cobrado pelo diesel e a gasolina nas refinarias, aliados do presidente também começaram a criticar a política da empresa, principalmente o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira.

Lira disse que irá convocar uma reunião com as lideranças da Câmara dos Deputados para discutir sobre a política de preços. Na sexta-feira, entretanto, Bolsonaro já revelou que gostaria de ver instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a Petrobras.

— Eles não pensam no Brasil, virou Petrobras Futebol Clube para o seu presidente, diretores, conselheiros e ditos minoritários. Já conversei com os parlamentares que está me acompanhando aqui. Vão assinar a CPI. Vamos ver os contratos como são feitos. Eu tenho o meu entendimento. Não vou falar aqui porque eu posso me equivocar e não quero ser acusado de mentiroso lá na frente. Mas vamos resolver o problema da Petrobras. Dá para atenuar o preço dos combustíveis — disse Bolsonaro.

Escrita por Bial: A biografia da empresária Luiza Trajano, que é ‘Mulher do Brasil’

Após o início dos ataques, a Petrobras perdeu cerca de R$ 30 bilhões do seu valor negociado na Bolsa de Valores. Segundo Bolsonaro, com a notícia sobre a instalação de uma CPI, o valor da empresa deverá cair ainda mais.

— Na última sexta-feira, infelizmente, com o anúncio do aumento dos combustíveis os minoritários e grande parte dos minoritários empresas de fundo de pensão dos EUA que ganham, em média, 6 bilhões por mês, a Petrobras perdeu em seu valor R$ 30 bilhões. Acredito que na segunda-feira, com a CPI, vai perder outros 30 — afirmou o presidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos