Bolsonaro repete Trump e é derrotado com votação maior do que teve ao ser eleito há 4 anos

Conforme noticiado pela coluna de Malu Gapar, no O Globo, o primeiro presidente brasileiro derrotado em uma campanha pelo segundo mandato desde a instituição da reeleição, em 1998, Jair Bolsonaro recebeu neste segundo turno uma votação superior à que o elegeu quatro anos atrás. Após um governo marcado pela tensão institucional permanente e uma postura negacionista durante a pandemia, Bolsonaro recebeu o suporte de 400 mil eleitores a mais do que em 2018, quando venceu Fernando Haddad (PT).

Ainda que de forma mais modesta, Bolsonaro repete o feito de seu maior aliado internacional, o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Ao ser derrotado pelo democrata Joe Biden em 2020, Trump conseguiu ampliar em 13 milhões de votos a margem atingida quatro anos antes.

Em comum, ambos os populistas de extrema-direita foram derrotados por políticos que já haviam passado pelo Executivo - Lula governou o Brasil entre 2003 e 2011 e Biden foi vice de Barack Obama (2009-2017).