Bolsonaro responde Lula após JN: “Não tem filé mignon para todo mundo”

Jair Bolsonaro respondeu declarações de Lula no Jornal Nacional (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro respondeu declarações de Lula no Jornal Nacional (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aproveitou um evento na Associação Comercial de São Paulo nesta sexta-feira (26) para rebater falas de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Jornal Nacional na noite da última quinta-feira (25).

O petista disse que “o povo tem que voltar a comer um churrasquinho, a comer uma picanha e tomar uma cervejinha” durante a sabatina da TV Globo. Bolsonaro, como forma de contrapor Lula, declarou que não há filé mignon para toda a população.

“Vou passar a gasolina para R$ 3. Vai todo mundo comer picanha no fim de semana. Não tem filé mignon para todo mundo”, disse o presidente da República. “Um tempo atrás na Venezuela estava dois centavos o preço da gasolina. Eles agora abastecem no Brasil. Não é porque o preço aqui caiu. É porque lá não tem mais.”

Jair Bolsonaro também falou sobre o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), tema de questionamento a Lula durante o jornal Nacional. O petista declarou que o MST de 30 anos atrás “não existe mais”.

O presidente, por outro lado, atacou o grupo. “Nós pacificamos o campo titulando terras. Eu vi o Lula falando ontem: ‘Temos um novo MST’. É a mesma coisa que modificar o DNA da cobra, da sogra. Isso a gente não muda.”

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022: