Bolsonaro sai em defesa de Maurício Souza, do vôlei: "Tudo é homofobia"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Diversidade
    Diversidade
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil
Maurício Souza e Bolsonaro se admiram - Foto: Reprodução/Instagram
Maurício Souza e Bolsonaro se admiram - Foto: Reprodução/Instagram
  • Bolsonaro manifestou-se em favor do jogador de vôlei

  • Maurício é bolsonarista declarado e já trocou mensagens carinhosas com o presidente

  • O atleta teria pretensões de lançar-se candidato no ano que vem, apoiado por Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) manifestou-se em defesa do jogador de vôlei Maurício Souza, que chegou a ser afastado de seu time, o Minas Tênis Clube, por postagens homofóbicas nas redes sociais.

Quando aguardava para participar de uma entrevista à TV Jovem Pan, nesta quarta-feira (27), Bolsonaro mostrou-se incomodado com a situação do atleta. "Impressionante, né? Tudo é homofobia, tudo é feminismo", disse, de acordo com o portal Metrópoles.

Declaradamente bolsonarista, Maurício já fez uma série de postagens homofóbicas nas redes sociais. Mais recentemente, criticou a revelação de que o atual Superman, Joe Kent, é bissexual.

“Ah, é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar", escreveu. A postagem gerou críticas de atletas, inclusive de seu companheiro de seleção, Douglas Souza, que questionou a “heterossexualidade frágil” de Maurício.

Mauricio Souza em ação pela seleção nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Toru Hanai/Getty Images)
Mauricio Souza em ação pela seleção nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Toru Hanai/Getty Images)

O atleta do Minas, então, voltou a publicar uma mensagem homofóbica. “Para cima de mim não! Aqui é frágil igual esticador de canto de cerca!", postou, junto de uma foto com a seguinte frase: "Hoje em dia o certo é errado e o errado é certo. Não se depender de mim. Se tem que escolher um lado, eu fico do lado que eu acho certo. Fico com minhas crenças, valores e ideais”.

A polêmica fez com que patrocinadores do Minas Tênis Clube fizessem pressão pelo afastamento de Maurício. Diversos atletas do vôlei se posicionaram contra o atleta, que, porém, foi reintegrado ao elenco após um pedido de desculpas.

Aspiração política do jogador

Alinhado com os ideais bolsonaristas, Maurício Souza estaria trabalhando para lançar-se candidato a algum posto nas eleições do ano que vem. Foi o que revelou a coluna de Cleo Guimarães na revista Veja.

Segundo a publicação, o atleta deve contar com o apoio do presidente e de toda a família Bolsonaro, de quem já assumiu ser fã, em troca de mensagens elogiosas públicas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos