Bolsonaro sanciona projeto de lei que destina recursos para Auxílio Gás

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira o projeto de lei que destina recursos para o Auxílio Gás, programa criado para ajudar famílias de baixa renda a comprar gás de cozinha (GLP).

Segundo comunicado do Planalto, a expectativa é que o benefício alcance mais de cinco milhões de famílias de baixa renda. Espera-se ainda que, a partir do próximo exercício, com os recursos aprovados pelo Congresso no orçamento de 2022, seja possível manter o programa.​

O PL sancionado prevê a abertura de crédito especial ao orçamento da União, em favor do Ministério da Cidadania, no valor de 300 milhões de reais.

A concessão do crédito adicional permite a realização de despesas não computadas na Lei Orçamentária, sem que isso afete o cumprimento do teto de gastos ou a obtenção de resultado primário, acrescentou o governo na nota.

(Por Letícia Fucuchima)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos