Bolsonaro se perdeu totalmente ao falar de mulheres no debate, diz Alckmin

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.08.2022 - O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.08.2022 - O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Geraldo Alckmin (PSB), ex-governador de SP e vice na chapa presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse ao Painel, da Folha de S.Paulo, que gostou do primeiro debate presidencial na TV, mas teceu críticas à atuação de Jair Bolsonaro (PL). Ele falou com a coluna logo após o evento.

O tema central do encontro foi o respeito às mulheres, que dominou as discussões a partir de um ataque do presidente à jornalista Vera Magalhães, após o qual ele disse para que não viessem com "historinha de se vitimizar", pois, segundo ele, não estava atacando as mulheres. Ele chamou Vera e Simone Tebet (MDB) de vergonhas de suas profissões.

"Acho que o Bolsonaro se perdeu totalmente. Muito autoritário. Dizer que mulher quer se vitimizar. Para se ter uma ideia, mulher só pôde votar no Brasil na eleição de 1934", disse Alckmin logo após o fim do debate.

O atual presidente mencionou o ex-tucano criticamente durante o evento.

"O que vai acontecer com o nosso Brasil se esse ex-presidiário voltar para a cena do crime juntamente com Geraldo Alckmin, um homem religioso, católico, mas que resolveu cantar a Internacional Socialista? É a união de tudo o que não presta no Brasil", disse Bolsonaro.

esse momento, Alckmin e Janja, que acompanhavam o debate de dentro do estúdio, riram, e a esposa de Lula fez afago no braço do ex-governador.

O evento foi organizado em pool por Folha, UOL e TVs Bandeirantes e Cultura, e durou quase três horas. Lula e Bolsonaro foram os últimos a confirmar presença no debate —depois de dias de incertezas nas campanhas.

Segundo a última pesquisa Datafolha, divulgada neste mês, Lula lidera com 47% das intenções de voto, ante 32% de Bolsonaro e 7% de Ciro.