Bolsonaro sugere filmar eleitores nas urnas na hora da votação

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Bolsonaro voltou a atacar a integridade das eleições e sugeriu filmar eleitores na hora do registro do voto na urna para que seja usado na conferência da apuração. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Bolsonaro voltou a atacar a integridade das eleições e sugeriu filmar eleitores na hora do registro do voto na urna para que seja usado na conferência da apuração. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aproveitou mais uma oportunidade de questionar a segurança do sistema eleitoral brasileiro e, nesta terça-feira (2), falou sobre a proposta de filmar eleitores na hora do registro do voto para conferir a apuração.

Em entrevista à rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul, o mandatário explicou que essa foi uma das propostas apresentadas pelas Forças Armadas ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“Então as propostas das Forças Armadas, vou te falar as mais importantes. Primeira, a verificação diurna no dia das eleições. Não adianta você verificar a urna como eles (o TSE) querem uma semana antes”, explicou o chefe do Executivo.

“(Tem que ter) A verificação no dia das eleições. E seriam segundo a lei, né? Podemos pegar seiscentas urnas e checar nesse dia. São quase quinhentas mil no Brasil. É uma boa amostragem. E como é que é feito esse teste? As pessoas vão votando e sabendo que estão sendo filmadas. ‘Olha, você vai ser filmado agora. Você quer votar aqui aleatoriamente em quem você quiser, independente da sua vontade, né”, acrescentou Bolsonaro.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

Segundo o Presidente, esse método seria utilizado para conferir em quem a pessoa filmada votou.

“É esse ou aquele candidato, a pessoa topa, então elas são filmadas. E no final do dia, com esse filme pronto, você vê quem essa pessoa digitou. ‘Ah, foi tantos votos no Onyx Lorenzoni’, por exemplo. Então vai ter que aparecer tanto pro Onyx, tanto pra um deputado federal, tanto pra um deputado estadual… Sem problema nenhum. Porque se tiver uma um programa malicioso, você vai plotar”, disse, reclamando que, até agora, o TSE não teria respondido a essa proposta.

“O TSE até o momento não respondeu isso aí. Por que que não respondeu se está parada em lei? Não tem custo nenhum. É só sortear os locais”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos