Bolsonaro tem melhora entre mais pobres e queda no eleitorado mais rico, aponta Ipec

Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Cristiane Mattos)
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Cristiane Mattos)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) melhorou seu desempenho entre os brasileiros mais pobres, com renda familiar de até um salário mínimo, apontou pesquisa Ipec divulgada na segunda-feira (26), encomendada pela TV Globo.

Este é o segmento com mais eleitores e onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem maior vantagem.

O petista marcou 57% das intenções de voto neste grupo —na última pesquisa, ele estava um ponto para cima. Já o chefe do Executivo passou de 20% para 23% entre os dois levantamentos.

Deste modo, a diferença de Lula sobre Bolsonaro caiu de 38 para 34 pontos percentuais a menos de uma semana da eleição, que ocorre no próximo domingo (2).

Com relação ao eleitorado mais rico, ou seja, que faz parte de famílias que ganham mais de cinco salários mínimos, Bolsonaro foi de 47% para 44%, e Lula subiu de 32% para 38% neste segmento, informou o jornal O Globo.

No grupo onde os eleitores têm renda familiar de dois a cinco salários mínimos, Bolsonaro passou de 36% para 40%, e Lula caiu: foi de 41% para 37%.

Por fim, no segmento relativo à renda familiar de um a dois salários mínimos, ambos oscilaram para cima em dois pontos percentuais: Lula foi de 51% para 52%, e Bolsonaro de 27% para 29%.

O Ipec ouviu 3.008 eleitores entre os dias 25 e 26 de setembro. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01640/2022.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)