Bolsonaro usa proteção blindada em comício no Rio; veja fotos

Em seu último comício pelo estado do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro (PL) teve a sua segurança reforçada. Ontem, o candidato à reeleição esteve nos municípios de Belford Roxo e São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e, no fim da tarde, no bairro de Campo Grande, na Zona Oeste da capital. Nas agendas, o candidato à reeleição ficou rodeado por pastas balísticas, escudos em formato de "maletas" e que se expandem quando acionados para proteger alguém.

'Vagabundo e mentiroso, desqualificado e incompetente': No Rio, Bolsonaro ataca Paes, que rebate

Investimento de R$ 23,9 milhões: Canal de Bolsonaro no YouTube ganha um milhão de seguidores após investimento massivo em anúncios

De acordo com o colunista do GLOBO Lauro Jardim, os equipamentos foram empunhados por ao menos dois agentes de segurança que escoltaram o presidente ao longo da carreata e do comício que finalizou a agenda de Bolsonaro, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Os integrantes da equipe o cercavam com as pastas enquanto ele falava diante da multidão.

Mas esta não foi a primeira vez que o presidente foi visto com este tipo de proteção. Há registros das pastas em uma motociata em Maringá (PR), em maio deste ano, e em uma passagem por Praia Grande (SP), em fevereiro de 2020. A segurança dele é de responsabilidade do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e, durante a eleição, também da Polícia Federal (PF).