Bolsonaro vai conceder honraria médica a Mayra Pinheiro, a capitã cloroquina

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mayra Pinheiro, que receberá honraria de Jair Bolsonaro, é pré-candidata a deputada federal (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Mayra Pinheiro, que receberá honraria de Jair Bolsonaro, é pré-candidata a deputada federal (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) vai conceder a Ordem do Mérito Médico para Mayra Pinheiro (PL-CE), conhecida como capitã cloroquina. O evento acontecerá na próxima sexta-feira (5).

Mayra Pinheiro celebrou a honraria nas redes sociais. “O reconhecimento por parte do nosso presidente é motivação para continuar as batalhas em defesa da vida e da liberdade”, escreveu no Instagram.

O Ordem do Mérito Médico foi criada em 1950 e premia médicos que tenham prestado serviços notáveis ao país.

Conhecida como “capitã cloroquina”, Mayra Pinheiro foi secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde e ficou conhecida por defender o uso da cloroquina contra a covid-19 e do “tratamento precoce” – ambos sabidamente ineficazes.

Pinheiro também participou do desenvolvimento do aplicativo do governo federal que recomendava o uso de cloroquina até para crianças. Mais tarde, ela negou que o app tenha sido oficialmente lançado pela gestão.

Na CPI da Covid, Mayra Pinheiro depôs e foi indiciada pela comissão pelos crimes de epidemia com resultado de morte, prevaricação e crime contra a humanidade.

Atualmente, ela é pré-candidata a deputada federal pelo Ceará.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos