Bolsonaro vai lançar pacote que prevê uso de FGTS por mulheres para pagar creche

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA — De olho no eleitorado feminino e nos jovens, setores nos quais tem pior popularidade, o presidente Jair Bolsonaro vai lançar, no fim da tarde desta quarta-feira (dia 4), um pacote de medidas trabalhistas. As propostas permitirão o uso do FGTS de mulheres trabalhadoras para o pagamento de creches de seus filhos e amplia prazos e limites para contratos de aprendizes.

Os detalhes das medidas estão sendo finalizados por técnicos do governo e serão divulgados em um evento no Palácio do Planalto às 17h. O mote do pacote é a Semana do Trabalho.

Batizado de “Emprega + Mulheres e Jovens”, o novo programa será criado por medida provisória. Ele vai prever a criação de uma linha de reembolso de creche para filhos entre quatro meses e cinco anos de idade.

Outra ideia é permitir que as mulheres possam usar o FGTS para pagar cursos de qualificação.

No caso dos jovens aprendizes, uma das medidas é ampliar o prazo de duração do contrato de trabalho de dois para três anos e, em determinadas situações, até quatro anos.

Veja mais detalhes das medidas, que também incluem mudanças para os trabalhadores rurais, na reportagem exclusiva do GLOBO.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos