Bolsonaro vai se filiar ao PL, diz presidente do partido

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA — O presidente do PL, o ex-deputado Valdemar Costa Neto, confirmou que o presidente Jair Bolsonaro vai se filiar ao partido. Costa Neto afirmou que Bolsonaro relatou ter conversado com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, presidente licenciado do PP, legenda com a qual ele também vinha negociando.

— Ele falou com o Ciro hoje e então vamos tocar para frente o assunto e ver quando vamos fazer essa filiação — disse Costa Neto, em áudio distribuído por sua assessoria.

A decisão de Bolsonaro foi antecipada pelo colunista Lauro Jardim.

No PP, o discurso oficial é que que a ida de Bolsonaro para o PL não é um problema, porque o partido de Costa Neto é um aliado e garante que estará no projeto de reeleição. Reservamente, porém, integrantes do PP relatam frustração e admitem que todos os esforços foram feitos para ter o presidente da República.

Ciro Nogueira chegou a garantir a Bolsonaro que teria o apoio de todos os diretórios estaduais, além de assegurar que o presidente poderia indicar candidatos ao Senado.

Após a decisão de Bolsonaro, membros do PP afirmam que ainda não está definido qual a participação da sigla no projeto da reeleição. Segundo esses integrantes, não ficou definido se o PP indicará o candidato a vice.

De acordo com parlamentares, Valdemar Costa Neto mandou um recado ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), dizendo que poderia não apoiar a reeleição dele na casa se o PP seguisse insistindo em levar Bolsonaro.

No áudio divulgado por sua assessoria, Costa Neto falou em um possível acordo para a sucessão de Lira, que envolveria também outras siglas aliadas, como Republicanos.

— Temos que nos entender, para que todos sejam atendidos. Porque política é isso. Hoje o PP tem a presidência da Câmara e vamos querer ter essa presidência. Tem a reeleição do Arthur, vamos apoiar. E depois de nós, vai vir o PRB (Republicanos). Todos têm que crescer, todos tem que ter essa vantagem. E não pode ficar para trás. Se temos um grupo, ninguém pode ficar para trás — disse Costa Neto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos