Bolsonaro visita mãe de 94 anos em SP: "Ela não me reconhece mais"

·1 minuto de leitura
O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado dos filhos, visita a mãe, Olinda, de 94 anos, em Eldorado (SP)
O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado dos filhos, visita a mãe, Olinda, de 94 anos, em Eldorado (SP)
  • Jair Bolsonaro visitou a mãe, Olinda, neste sábado (21), em Eldorado (interior de São Paulo)

  • O presidente, acompanhado dos filhos, não usou máscara ao ver a mãe, de 94 anos

  • Olinda tomou as duas doses da Coronavac, mas Bolsonaro divulgou um cartão de vacinação adulterado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), acompanhado dos filhos, visitou a mãe, Olinda Benturi Bolsonaro, neste sábado (21), na cidade de Eldorado, no Vale do Ribeira (interior de São Paulo).

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) publicou em seu Instagram uma imagem do encontro familiar, com o pai e os irmãos sem máscaras de proteção contra o coronavírus.

Leia também:

Em entrevista ao SBT, Bolsonaro falou sobre o estado de saúde de Olinda: "Minha mãe está com 94 anos. Ela não me reconhece mais".

Em 8 de março, Olinda recebeu a segunda dose da Coronavac, vacina contra a Covid-19. Ela havia recebido a primeira aplicação em 12 de fevereiro, conforme consta no seu cartão de vacinação. A segunda dose veio 24 dias depois.

Para rivalizar com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), Bolsonaro chegou a inventar que a carteira de vacinação da mãe havia sido adulterada e que ela havia sido imunizada com uma dose da Oxford/AstraZeneca.

O enfermeiro responsável, no entanto, teria retornado posteriormente à casa de Olinda com um novo documento, informando que a vacina aplicada havia sido a Coronavac, patrocinada por seu inimigo político.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos