Bolsonaro visitará Suriname e Guiana para negociações sobre cooperação em petróleo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Bolsonaro no Palácio do Planalto, em Brasília
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro visitará o Suriname e a Guiana na quinta e sexta-feira para conversas sobre cooperação econômica após as recentes descobertas de petróleo e gás pelos dois vizinhos, informou o Ministério das Relações Exteriores nesta segunda-feira.

Bolsonaro e os presidentes do Suriname, Chandrikapersad Santokhi, e da Guiana, Irfaan Ali, terão um almoço de trabalho em Paramaribo, capital do Suriname, na quinta-feira, para discutir "projetos de interesse comum", segundo comunicado do Itamaraty.

"A viagem presidencial ocorre no contexto do fortalecimento das relações bilaterais, em cenário de retomada do diálogo estratégico entre os governos e de perspectivas de maior desenvolvimento econômico e social no Suriname e na Guiana, impulsionado pelas descobertas recentes de petróleo e gás", acrescentou o comunicado.

Representantes da Petrobras devem acompanhar Bolsonaro nas negociações sobre cooperação em petróleo e gás e possíveis investimentos.

(Reportagem de Anthony Boadle)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos