Bolsonaro volta a destacar bom desempenho da economia

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

“Temos um ministro da economia [Paulo Guedes] que é exemplo, que soube conduzir a economia do nosso país. Hoje, ao compararem o Brasil com o mundo, o Brasil está lá na frente. Inflação em baixa, PIB [Produto Interno Bruto] em alta, desemprego em baixa, violência em baixa”, disse.

Bolsonaro esteve em Sorocaba cumprindo agenda de campanha, acompanhado do ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, candidato ao governo de São Paulo, e do ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações Marcos Pontes, candidato ao Senado por São Paulo. O presidente citou os dois como boas escolhas técnicas do seu governo.

Notícias relacionadas:

À noite, Bolsonaro concedeu entrevista ao vivo, por 30 minutos, para o apresentador Ratinho, do SBT. O candidato afirmou que seu objetivo é baixar o preço dos alimentos, investindo na agricultura familiar. “Vai baixar. O que nós estimulamos, e muito no Brasil, ao titularmos terras, aquela pessoa que estava em uma propriedade mas não era dona dela, passou a ter título da propriedade. Já demos 412 mil títulos. Essas pessoas entram na agricultura familiar. Pegam empréstimos, podem fazer a venda direta para os municípios e isso tem crescido muito. Essas pessoas se transformam em cidadãs, não invadem mais a propriedade de ninguém”, destacou.

Segundo o candidato, a culpa pelo elevado valor dos alimentos, principalmente os da cesta básica, foi a pandemia e a guerra entre Rússia e Ucrânia. “Alguns países tiveram desabastecimento. A inflação bateu em cima dos alimentos em todos os países. O Brasil já está decrescendo o preço de todos os produtos da cesta básica, exceto o do leite, que tem subido um pouquinho ainda. A pandemia e a guerra lá foram fizeram subir os preços”, disse Bolsonaro.

Matéria atualizada às 21h07 para acréscimo de informações sobre entrevista dada ao programa do Ratinho no SBT.