Bolsonaro vota no Rio e diz que tem expectativa de ser reeleito: 'Se Deus quiser, sairemos vitoriosos'

O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, chegou para votar, às 7h45, antes da abertura dos portões de sua zona eleitoral, na Vila Militar, em Deodoro. Ele foi o primeiro a votar no local e vestia a mesma blusa usada no primeiro turno. Ele saiu do local às 8h10. Bolsonaro chegou acompanhado de seguranças e foi cercado por apoiadores ao se aproximar dos portões do local de votação.

Eleições 2022: o segundo turno da votação pelo Brasil; acompanhe

Segundo turno: horário, local e como justificar o voto

De olho na chegada do time do Flamengo ao Rio, o presidente votou rapidamente na Vila Militar e não respondeu as perguntas da imprensa. Ao sair da votação, ele disse ter expectativa de ser reeleito:

— Expectativa de vitória, só temos boas notícias nos últimos dias. Se Deus quiser, sairemos vitoriosos hoje à tarde. Ou melhor, o Brasil vai sair vitorioso hoje à tarde — afirmou o presidente.

Apuração em tempo real: Acompanhe a cobertura completa dos resultados da apuração das eleições de 2022 em todo o país

Ao chegar à seção eleitoral, Bolsonaro saiu do carro e caminhou até o local onde ficavam algumas dezenas de apoiadores. Ele posou para fotos. Depois, ficou cinco minutos aguardando a abertura dos portões da Escola Municipal Rosa da Fonseca.

A pressa do presidente em votar se deve ao plano de receber o time do Flamengo, que venceu a Copa Libertadores neste sábado no Equador. A delegação deve chegar ao Aeroporto do Galeão por volta das 8h50.

No exterior: Lula ganha na Nova Zelândia; e boletins apontam vitória também na Austrália, Coreia do Sul e China

Na última quinta-feira, em comício em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, Bolsonaro já havia declarado que faria no sábado uma "pausa" na política , para torcer pelo Flamengo, e em seguida disse que desejaria receber o time no aeroporto.