Bombardeio russo destrói famoso mosteiro no leste da Ucrânia, afirma Kiev

A igreja de madeira de um famoso mosteiro ortodoxo do leste da Ucrânia ficou destruída após ser atingida por um novo bombardeio russo, disse neste sábado (4) o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que lembrou que quatro monges haviam morrido em um bombardeio anterior.

"A artilharia russa bombardeou novamente a lavra [estabelecimento monástico ortodoxo] de Sviatohirsk", na região de Donetsk, um dos principais mosteiros ortodoxos da Ucrânia, afirmou Zelensky em uma mensagem acompanhada de vídeo no aplicativo Telegram.

O líder ucraniano lembrou que o estabelecimento religioso já tinha sido atingido esta semana por ataques russos, "que provocaram a morte de quatro monges e deixaram outros quatro feridos".

No mosteiro havia cerca de 300 civis, entre eles 60 crianças, que buscavam abrigo dos bombardeios.

O mosteiro de Sviatohirsk é um dos mais conhecidos da Ucrânia e, antes da guerra, atraía milhares de peregrinos todos os anos.

bur-neo/cls/eb/mb/rpr

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos