Forças iraquianas libertam bairro e lançam artilharia sobre centro de Mossul

Mossul (Iraque), 13 abr (EFE).- As forças iraquianas retomaram nesta quinta-feira o controle de um bairro do oeste da cidade de Mossul e lançaram artilharia sobre o centro histórico da mesma, onde se entrincheira o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Um comandante das Forças Antiterroristas, o general Maan al Saadi, assegurou à Agência Efe que suas unidades tomaram o controle completo de Al Abar.

Além disso, avançam no destacado bairro de Al Tank, onde dominam 90% deste distrito, considerado uma fortificação dos jihadistas.

Nesses dois bairros, as forças especiais mataram 22 terroristas e destruíram três veículos-bomba e três lançadores de bombas.

As forças governamentais lançaram mais artilharia e mísseis sobre o centro e a parte antiga da área ocidental de Mossul, apesar do grande número de civis retidos nestas áreas.

Um membro do conselho da província de Ninawa, cuja capital é Mossul, Gazuan al Daudi, negou em declarações à Efe que as forças iraquianas usem projéteis ou armas pesadas no oeste de Mossul "por temor de derrubar casas e machucar os civis sitiados" nesta área.

Daudi ressaltou que as tropas utilizam a artilharia de forma "precisa e limitada" e acrescentou que o EI impede a saída dos civis dessa área e os utiliza como escudos humanos.

Por sua parte, o comandante das forças terrestres da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, Joseph M. Martin, disse em comunicado que as forças iraquianas cercaram posições do EI no centro histórico de Mossul, mas que não podem entrar com veículos militares no mesmo.

As forças iraquianas começaram sua ofensiva sobre o oeste de Mossul no último mês de fevereiro e controlam mais de 50% desta parte da cidade, enquanto a metade oriental foi recuperada em janeiro. EFE