Bombeiros buscam criança desaparecida após chuva em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense

·3 min de leitura

Uma criança desapareceu no final da tarde dessa quinta-feira no Rio Botas, que corta o bairro de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com as primeiras informações, o menino — que tem aproximadamente 7 anos — brincava de pular na correnteza da água, após o forte temporal que atingiu várias cidades da Baixada. Moradores contam que, após pular, a criança foi levada. Segundo o Corpo de Bombeiros, o menino estava acompanhado de amigos que se salvaram. Imagens de redes sociais mostram o momento em que três deles pulam na forte correnteza. Desde ontem, bombeiros fazem buscas pela criança. Nas redes sociais a mãe do menino implora que vizinhos ajudem nas buscas. Ela diz que ele sumiu às 18h.

— Quem puder vir me ajudar, eu estou aqui em Morro Agudo, meu filho caiu dentro do valão. Quem tiver uma lanterna, uma corda e puder vir me ajudar aqui, vou agradecer. Todo mundo sabe que eu fecho na luta de todo mundo, fechem na minha, agora, pelo amor de Deus. Meu filho caiu 18h no valão. Já percorri o rio de ponta a ponta, fui na delegacia, fui no hospital e não achei ele. Me ajudem — pediu a mãe do menino em vídeo que circula nas redes sociais.

Na manhã desta sexta, duas viaturas do Quartel de Nova Iguaçu retomaram as buscas pela criança. A corporação disse que foi acionada pouco depois das 19h e permaneceram nas buscas até as 23h. Os agentes vasculham o rio que corta o Conjunto Habitacional Ouro Preto.

Adolescentes brincam em correnteza em Anchieta

Já entre os bairros de Anchieta, no Rio, e Olinda, em Nilópolis, na Baixada, um vídeo mostra vários adolescentes pulando em um rio que corta os bairros. Imagens de redes sociais mostram a forte correnteza e os meninos nadando normalmente. O rio corta a comunidade AZ de Ouro, em Anchieta.

Chuva deixou cidade em estágio de atenção

A chuva forte deixou Nova Iguaçu em estágio de atenção e causou alagamentos em vários bairros, incluindo a Região Central do município. Próximo à rodoviária da cidade, imagens que circulam nas redes sociais mostram que o local chegou a ficar praticamente isolado, durante o temporal. O maior acumulado pluviométrico foi registrado no Bairro Moquetá, com 42mm de chuva em apenas uma hora. Foram registrados até agora quatro ocorrências pela defesa Civil do município. Houve uma queda de um muro, no Centro, e três imóveis alagados nos Bairros do Caonze, Comendador Soares e na Região Central. Ainda não há registros de feridos ou de desabrigados.

Com a previsão de mais chuva para a noite desta quinta-feira, a prefeitura de Nova Iguaçu também entrou em estágio de atenção por causa da possibilidade de alagamentos, inundações e deslizamentos na cidade. Em vídeos compartilhados nas redes, internautas flagraram no Centro de Nova Iguaçu carros sendo levados pela enxurrada.

Em Nova Iguaçu e Belford Roxo, duas das cidades mais afetadas pelas chuvas desta quinta-feira, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é que a sexta-feira tenha o céu com muitas nuvens e pancadas de chuva isoladas ao longo de todo o dia. A temperatura deve variar entre os 19 e os 27 graus. No sábado e no domingo, o tempo deverá continuar nublado, com chuvas isoladas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos