Bombeiros entram no 5° dia de buscas por jovem que desapareceu após subir escadaria de São Francisco do Sul (SC)

·1 min de leitura

RIO - O Corpo de Bombeiros de São Francisco do Sul, no Norte catarinense, continua pelas buscas de um jovem de 19 anos, que desapareceu depois de subir a escadaria na Praia da Enseada, no último domingo. Câmeras de segurança nos arredores mostraram que Everson Rennan Kawalek subiu a escadaria sozinho.

No domingo, militares iniciaram as buscas pela mata. Na quarta, os socorristas também procuravam por ele em uma área aquática da região. Familiares e amigos do jovem também tentam localizá-lo. Os Bombeiros acreditam que o jovem tenha escorregado e caído no mar.

A mãe do jovem, Mariza Andrade, contou ao GLOBO que ele estava trabalhando em São Bento do Sul há uma semana e resolveu conhecer a praia da Enseada com amigos.

- Ele saiu com os amigos, postou uma foto na praia e resolveu dar uma caminhada. Não ia longe, deixou até os chinelos com os amigos. Ele sempre gostou de sítio, de estar perto da natureza, mas nunca foi de se aventurar em matas fechadas - disse a dona de casa, que mora em Itapejara do Oeste, no estado do Paraná. - Estou desolada, angustiada, e soube que o pai do Everson também está sem chão. Estou a 600 km do meu filho e não tenho condições de ir até lá para ajudar nas buscas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos