Bombeiros explicam que avião em Piracicaba se chocou contra montanha; veja o momento

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Avião caiu em área próxima à Fatec em Piracicaba logo após decolagem

  • O acidente deixou sete mortos

  • A explosão causou incêndio na área onde ocorreu a queda

O acidente de avião ocorrido em Piracicaba, interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (14), ocorreu após o choque da aeronave com uma montanha, de acordo com o capitão Bruno Cesar Tenna Goobo, supervisor de serviços do Corpo de Bombeiros. Veja o momento do acidente:

Segundo informações passadas pelo capitão para a rádio CBN, a aeronave havia decolado minutos antes da queda e bateu contra uma montanha nas proximidades da cidade. Chamas tomaram conta não só do avião, como da área da mata, que já foram controladas. 

"Chegando ao local, nos deparamos com uma cena muito triste", disse o capitão. "Um avião bimotor que havia decolado minutos antes do aeroporto de Piracicaba chocou-se contra uma montanha ao redor da cidade, explodindo imediatamente. As chamas tomaram conta não só do avião mas da mata que circundava o local do acidente", relatou.

Ele acrescentou ainda que não houve nada que a equipe pudesse fazer pelas vítimas. "As chamas tomaram conta não só do avião mas da mata que circundava o local do acidente. Ao chegar no local, não houve oportunidade para atividade de salvamento, de resgate. As vítimas estavam todas carbonizadas. Restou apenas fazer o combate ao incêndio na aeronave e nos arredores e preservar todas as evidências da melhor maneira possível para que a investigação possa determinar as causas do acidente", disse à rádio.

Leia também:

O acidente deixou sete mortos, entre eles o empresário e acionista da Cosan, Celso Silveira Mello Filho. , que tem seu irmão, Rubens Ometto Silveira Mello, como presidente do Conselho de Administração. A empresa confirmou a morte do empresário em nota.

Ainda de acordo com a empresa, a esposa do empresário, Maria Luiza Meneghel, os três filhos (Celso, Fernando e Camila), o piloto Celso Carloni e o copiloto Giovani Gulo também morreram no acidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos