Bombeiros resgatam cachorro em caverna após queda de 10 metros nos EUA

Cães são treinados para fazer resgate e salvamento no mundo todo. Mas às vezes, eles é que precisam ser resgatados. (Foto: Getty Creative)
Cães são treinados para fazer resgate e salvamento no mundo todo. Mas às vezes, eles é que precisam ser resgatados. (Foto: Getty Creative)

Um cachorro de caça ficou preso em uma caverna de 10 metros de profundidade nos Estados Unidos. O caso aconteceu no estado americano do Tennessee na última segunda-feira, 9 de maio.

Os socorristas do Departamento de Bombeiros Voluntários de Waldens Creek foram chamados ao local e tiveram que utilizar cordas para fazer um rapel até o animal.

O cachorro de nome Storm, que significa tempestade em português, foi içado por arreios amarrados ao seu corpo. O cãozinho parece ter feito jus ao nome porque apesar do susto, não teve nenhum ferimento.

No Brasil também é bastante comum que os bombeiros sejam chamados para fazer resgate e salvamento de animais em buracos e crateras. As corporações são treinadas para realizar esse tipo de salvamento em que os animais são vítimas em áreas urbanas, colapsadas ou deslizadas, áreas rurais, etc.

No último dia 6 de maio um cachorro ficou preso na base de um penhasco na Índia por uma semana. Por sorte, um homem que passeava pelo local viu o animal em apuros e conseguiu resgatá-lo.

Para acionar o Corpo de Bombeiros para emergências, basta discar 193. O atendimento é feito de forma gratuita em todo território nacional.

Certificação

O canil do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) conquistou em dezembro de 2021 17 certificações nacionais de busca e resgate. Os binômios da corporação (duplas formadas pelo cachorro e seu condutor) foram testados em ambientes rurais e urbanos, em provas que avaliaram agilidade, obediência, destreza, independência, objetividade, resistência e faro.

Cães salvando

Os cachorros também atuam como socorristas sendo treinados para ajudar a farejar vítimas de desastres, por exemplo. Atualmente, o Exército Brasileiro utiliza cães Pastor Alemão, Pastor Belga Mallinois e Dobermann.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos