Bombeiros resgatam corpo de piloto de helicóptero que caiu em Niterói

Felippe Flehr (*) - Da Agência Brasil

O corpo de Fábio Pestana de Barros foi encontrado na madrugada de hoje (13). Ele era sargento do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e pilotava o helicóptero que caiu no mar, ontem à noite, em Itacoatiara, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

Desde o acidente, bombeiros do Quartel de Itaipu, com apoio de equipes do Grupamento Marítimo e de mergulhadores do Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, faziam as buscas no local.

O piloto era primo da ex-governadora do Rio, Rosinha Garotinho. Por meio de uma rede social, Rosinha lamentou a morte do parente. “Esta madrugada encontraram o corpo de Fábio, meu primo, que estava no helicóptero que ontem caiu em Niterói. Perdeu a vida na realização do seu sonho, ser piloto e bombeiro. Ajudando, salvando vidas... cumpriu sua missão com amor e carinho. Nos resta pedir a Deus o consolo para a família”, diz o texto.

O outro tripulante, o bombeiro da reserva Paulo Roberto Costa, foi atendido no Hospital Estadual Azevedo Lima, no bairro do Fonseca, em Niterói. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, ele recebeu alta depois de ser medicado.

Embora ainda não haja informação sobre a causa do acidente, o mau tempo pode ter contribuído para a queda do helicóptero. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, nesta quinta-feira o tempo continuará fechado em Niterói, com chuvas e ventos de fracos a moderados. A temperatura máxima é de 26°C, enquanto a mínima não deve passar dos 19°C.

(*) Estagiário sob a supervisão do editor Kleber Sampaio