Boris Johnson anuncia novo lockdown no Reino Unido após aumento de casos do Covid-19

·1 minuto de leitura
As Londoners await the announcement of a second coronavirus lockdown it's business as usual in the West End with people out socialising outside the bars and restaurants on Old Compton Street in Soho on what will be the last weekend before a month-long total lockdown in the UK on 31st October 2020 in London, United Kingdom. The three tier system in the UK has not worked sufficiently, to suppress the virus, and there have have been calls by politicians for a 'circuit breaker' complete lockdown to be announced to help the growing spread of the Covid-19. (photo by Mike Kemp/In Pictures via Getty Images)
Reino Unido se prepara para novo lockdown Mike Kemp/In Pictures via Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Reino Unido vai entrar em um novo confinamento para conter o repique de infecções do novo coronavírus. O anúncio foi feito neste sábado (31) pelo premiê britânico Boris Johnson.

Segundo o primeiro-ministro, em entrevista coletiva, a medida vai durar cercar de um mês e vai começar a partir da meia noite da quinta-feira (5) e seguirá até do dia 2 de dezembro.

Leia também

Os ingleses só poderão sair por motivos de trabalho, compras, escola, medicamentos e comida. Pubs e restaurantes só poderão só fazer entregas. As universidades e escolas continuarão abertas.

O Reino Unido, atualmente, tem o maior número de mortes pela Covid-19 na Europa, com a marca de 20 mil casos por dia. Hoje, o país superou a marca de 1 milhão de casos registrados desde o início da pandemia.