Boris Johnson com "boa saúde" em sua quarentena por contato con covid-19

·1 minuto de leitura
O primeiro-ministro britânico Boris Johnson
O primeiro-ministro britânico Boris Johnson

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson afirmou nesta semana que está com "boa saúde" e não tem sintomas de covid-19, depois de ter decidido entrar em isolamento por ter mantido contato com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus.

"Não importa que eu esteja em ótima forma, que me sinta ótimo... que tive a doença e estou cheio de anticorpos", disse em um vídeo divulgado no Twitter.

"Nós precisamos interromper a propagação da doença e uma das maneiras de fazer isso é com o auto-isolamento por 14 dias quando recebemos o contato do 'Test and Trace'" (o sistema de rastreamento britânico), acrescentou, antes de destacar que vai liderar a resposta do país a covid-19 de sua residência em Downing Street.

O serviço de rastreamento britânico informou a Johnson que ele teve contato com alguém que foi diagnosticado como um caso positivo de covid-19.

Depois contrair o novo coronavírus em abril, Johnson ficou internado durante uma semana em um um hospital em Londres. Ele passou três dias em uma Unidade de Terapia Intensiva.

Com quase 52.000 mortos, o Reino Unido é o país europeu com o maior número de vítimas fatais pela pandemia e algumas de suas regiões, como Inglaterra ou Gales, estão em confinamento pela segunda vez.

jwp/mar/zm/fp