Boris Johnson enfrenta moção de censura

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Boris Johnson enfrenta moção de censura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson será sujeito a uma moção de censura, esta segunda-feira, depois de o Partido Conservador ter recebido cartas suficientes para desencadear a votação, anunciou o partido.

O presidente do chamado Comité 1922 (que agrupa os deputados conservadores sem pasta), Graham Brady, confirmou que um número suficiente de deputados solicitou a votação.

Se Johnson perder a votação entre os 359 parlamentares do partido, será substituído como líder conservador e primeiro-ministro. Se ganhar, estará a salvo e não poderá ser alvo de nova moção de censura durante um ano.

Johnson tem lutado para virar uma página sobre meses de escândalos éticos, sobretudo sobre com a quebra de regras de combate à pandemia de Covid-19 em festas nos edifícios do governo durante os períodos de confinamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos