Boris Johnson se reúne com Zelenskiy em viagem surpresa a Kiev

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, caminham na praça Mykhailivska, em Kiev
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

KIEV (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, ofereceu lançar um programa de treinamento militar para as forças ucranianas nesta sexta-feira, ao se encontrar com o presidente Volodymyr Zelenskiy em Kiev, em sua segunda visita à capital ucraniana desde o começo da invasão do país pela Rússia.

Johnson, que sobreviveu a um voto de confiança no Parlamento este mês, foi recebido por Zelenskiy como um "grande amigo" e publicou uma foto ao lado do presidente ucraniano, com as palavras "senhor Presidente, Volodymyr, é bom estar em Kiev novamente".

Johnson ofereceu durante a reunião lançar uma grande operação de treinamento para as forças ucranianas, com o potencial de treinar até 10.000 soldados a cada 120 dias, disse seu gabinete.

"Minha visita hoje, nas profundezas desta guerra, é para enviar uma mensagem clara e simples ao povo ucraniano: o Reino Unido está com vocês e estaremos com vocês até que vocês prevaleçam no fim", disse Johnson.

A visita não anunciada foi o mais recente gesto de apoio de Johnson a Zelenskiy desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro.

Aconteceu um dia depois de líderes de França, Alemanha, Itália e Romênia viajarem a Kiev e endossarem a candidatura da Ucrânia para integrar a União Europeia.

(Reportagem de Pavel Polityuk em Kiev e Muvija M, Elizabeth Piper em Londres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos