Borja é chamado pela Colômbia e desfalca o Grêmio no Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Atacante vai desfalcar o Grêmio em três jogos do Brasileirão. Foto: Pedro Vilela/Getty Images
Atacante vai desfalcar o Grêmio em três jogos do Brasileirão. Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Autor da assistência para o gol de Campaz no jogo desta quarta-feira diante do Atlético-MG, Miguel Borja vai desfalcar o elenco do Grêmio na reta final do Brasileiro. O atacante gremista foi chamado pelo técnico Reinaldo Rueda, da Seleção Colombiana, para mais uma rodada de jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Autor de quatro gols pelo tricolor gaúcho no Brasileirão, o centroavante deve desfalcar o time do técnico Vagner Mancini contra o Fluminense (casa), América-MG (fora) e Red Bull Bragantino (casa), pelas 31ª, 32ª e 33ª rodadas do Brasileirão, respectivamente. Nesse período, a Colômbia, que está na quarta colocação das eliminatórias Sul-Americanas, com 16 pontos, entra em campo contra o Brasil e o Paraguai.

Leia também:

Borja não será o único desfalque gremista na data Fifa. O goleiro Gabriel Chapecó e o volante Villasanti também ficam de fora do time devido a convocações para as seleções brasileira e paraguaia.

James Rodríguez volta à seleção colombiana após um ano de ausência

A principal novidade na convocação de Reinaldo Rueda foi James Rodríguez. O meia, que atualmente defende o Al-Rayyan, do Qatar, ficou fora do selecionado colombiano por um ano. No período, a Colômbia jogou 15 vezes e teve aproveitamento de 46%, com 4 vitórias, 9 empates e 2 derrotas.

James já vestiu a camisa da seleção colombiana em 80 jogos, fez 23 gols e tem o mesmo número de assistências.

No último final de semana ele foi protagonista no Qatar por conta de uma confusão. Seu time perdia por 2 a 1 para o Al-Arabi quando o colombiano sofreu uma falta dura de um adversário. Ele iniciou uma confusão e acabou expulso após partir para cima do árbitro para tirar satisfação, tendo que ser contido por seus companheiros.

Furioso após o cartão vermelho, o jogador, que foi um dos destaques da Copa do Mundo de 2014, aplaudiu o juiz ironicamente, tirou a camisa e saiu de campo correndo rumo aos vestiários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos