Bolsonaro se refugia em armário com escrivaninha no Alvorada

Adriano Machado/Reuters

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Presidente mandou instalar uma escrivaninha no local para poder despachar e usar as redes sociais sem ser incomodado.

  • Isso garantiria que ele não fosse incomodado por ajudantes de ordens e integrantes do cerimonial, interrompendo as conversas.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu recorrer à privacidade de um armário para resguardar sua intimidade no Palácio da Alvorada, em Brasília.

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

De acordo com reportagem do jornal O Globo deste domingo (18), Bolsonaro instalou uma escrivaninha dentro do closet de seu quarto para receber os amigos em sua intimidade. Isso garantiria que ele não fosse incomodado por ajudantes de ordens e integrantes do cerimonial, interrompendo as conversas.

Leia também:

Amigo do ex-capitão desde a década de 1980, ainda de quando frequentavam a Escola de Educação Física do Exército, o ex-deputado Alberto Fraga (DEM) foi visitá-lo no local no domingo passado.

Ao jornal, classificou a instalação pouco usual como suposto sintoma da solidão imposta pelo poder. “Estava sozinho, completamente sozinho. Eu disse a ele que ele precisava chamar mais gente, chamar mais amigos no fim de semana”, relatou Fraga.

Instalada no meio do closet, a escrivaninha é usada por Bolsonaro para deixar papéis e anotações diárias. Em mais de uma oportunidade, o presidente já declarou não ter o hábito de ler livros. Seria nesse espaço, em meio às roupas bem organizadas, que ele passa horas a fio nas redes sociais.