Botafogo é prejudicado pela arbitragem e perde para o Sampaio Corrêa pela primeira vez na história

·1 minuto de leitura

A partida deste sábado, válida pela sétima rodada da Série B, foi histórica, mas não de uma forma positiva para o Botafogo. O placar de 2 a 0 representou a primeira derrota do Alvinegro para o Sampaio Corrêa na história, em uma partida com erros das equipes e da arbitragem.

No duelo realizado no Estádio Castelão, o Botafogo dominou os primeiros minutos do jogo, saindo com facilidade pela direita, mas faltando capricho na finalização. Enquanto isso, o adversário maranhense não chutou no gol.

No momento em que o alvinegro estava melhor na partida, o balde de água fria foi o pênalti marcado aos 25 minutos da primeira etapa à favor do Sampaio Corrêa. Na tentativa de cruzamento pela esquerda, a bola resvalou no braço de Ronald, que estava dentro da área. O juiz não hesitou em apontar para a marca da cal, Daniel Costa bateu e marcou seu primeiro gol pela equipe.

Era tudo o que o Sampaio precisava para se fechar e complicar ainda mais as coisas para o time de Marcelo Chamusca. Compactados, os donos da casa deram pouco espaço ao Botafogo, mantendo em alguns momentos todos os jogadores no campo de defesa.

Para piorar a sorte do alvinegro, o VAR fez falta. No segundo tempo, a cabeçada de Ronald parou no goleiro, mas o árbitro não viu que a defesa foi feita dentro do gol.

Desanimado, o Botafogo até tentou, mas quem foi efetivo em aproveitar as chances foi o Sampaio, marcando o segundo com Gui Campana nos acréscimos e finalizando a quebra do tabu. Em 5 jogos, foram 3 vitóriasalvinegras e 2 empates.

O Botafogo sofre o segundo revés seguido na Série B, após perder o último compromisso, contra o Náutico, e continua sem vitórias fora de casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos