Botafogo enfrenta o Santos atrás do G8 com casa cheia e Lucas Perri no gol

Com três setores esgotados nas arquibancadas do Nilton Santos, a torcida do Botafogo espera que o time apresente hoje, às 20h, contra o Santos, um desempenho melhor do que no restante do Brasileirão jogando em casa — o alvinegro é o terceiro pior mandante da competição. Além de ser a última da equipe no Rio, a partida desta noite pode ser considerada uma “decisão” pela vaga no G8. Se vencer, o alvinegro pode entrar na zona de classificação para a Libertadores a uma rodada do fim do campeonato. Para isso, o Atlético-MG precisa tropeçar contra o Cuiabá no Mineirão, no mesmo horário.

Seguindo o ditado “o melhor ataque é a defesa”, o Botafogo contará com o goleiro Lucas Perri, que foi um dos grandes destaques do time na vitória contra o Atlético-MG na última segunda-feira. Substituto de Gatito Fernández, que saiu lesionado ainda no primeiro tempo, Perri terminará o campeonato como titular, já que o paraguaio só volta na próxima temporada.

Além de, claro, ter nas mãos a responsabilidade de defender o gol do Botafogo enquanto o time briga por uma vaga na Libertadores, a oportunidade pode proporcionar a Perri a titularidade no início da próxima temporada. Recém-contratado pelo clube, o goleiro chegou para se tornar a sombra de Gatito, que embora seja um ídolo respeitado internamente, não é tão bem avaliado pela comissão técnica.