Botafogo não venceu nenhum time do Z4 no Nilton Santos e apenas um dos que brigam para não cair

Por mais que só a derrota contra o Cuiabá seja suficiente para explicar a distância do Botafogo para o G8, que é de quatro pontos com o fim da 35ª rodada, o desempenho do alvinegro contra times da parte de baixo da tabela, principalmente do Z4, é o motivo pelo qual o time não está na zona de classificação para a Libertadores neste momento.

Jogando no Nilton Santos, o Botafogo não venceu nenhum time que ocupa a zona de rebaixamento. Além disso, em relação aos seis times que brigam para não cair, o alvinegro só venceu um. O aproveitamento é de 33%.

Por outro lado, os cinco rivais que o Botafogo tem na luta por uma vaga na Libertadores possuem aproveitamento muito superior. O Athletico ganhou 89% dos pontos contra equipes que brigam para não cair. O América-MG, 80%; o São Paulo, 78%; o Atlético-MG, 73%; e o Fortaleza, 58%.

— A partir do momento que atinjamos a Sul-Americana matematicamente e ela esteja fechada, nós olhamos sempre para cima. Como ela está praticamente fechada, não matematicamente, olhamos para cima. E olhar para cima é olhar para a Libertadores. O máximo de distância que podemos ficar, dependendo da rodada, é a cinco pontos. Portanto, como está em disputa, vamos continuar a lutar por isso — afirmou o técnico Luís Castro.

Para se garantir na Sul-Americana, o Botafogo só precisa empatar com o Atlético-MG na segunda-feira. No entanto, a vitória é fundamental contra o adversário direto para manter vivo o sonho da Libertadores.