Botafogo precisa recomeçar do zero. Time mereceu ser eliminado pelo Cuiabá

Alexandre Praetzel
·1 minuto de leitura
Honda foi um bom reforço, mas não conseguiu ajudar o Botafogo a se classificar na Copa do Brasil. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF
Honda foi um bom reforço, mas não conseguiu ajudar o Botafogo a se classificar na Copa do Brasil. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

O Botafogo está eliminado da Copa do Brasil, nas oitavas-de-final. O time empatou em 0 a 0 com o Cuiabá, na Arena Pantanal, depois de ter perdido o jogo de ida por 1 a 0, no Rio de Janeiro. A queda impediu o clube de faturar mais de R$ 3 milhões, aliviando os cofres por um prazo determinado.

Em 180 minutos, o Botafogo mereceu cair. Não jogou nada no primeiro confronto e foi uma equipe nervosa e sem alternativas na partida decisiva. A diretoria é responsável por esta situação, chegando a um mata-mata importante com o treinador de goleiros comandando os atletas. Planejamento zero e triste.

Agora, o Botafogo só tem a Série A do Brasileiro, onde luta contra o rebaixamento. Em situação falimentar, a tendência é sofrer até o final. Será que adianta contratar Honda e Kalou, sem um futuro próximo e uma luz no fim do túnel? O Botafogo não pode virar apenas 18 camisetas e um saco de bolas. Os mesmos que o levaram ao fundo poço, devem tirá-lo deste calvário e recomeçar do zero, respeitando a história, mas sabendo das dificuldades impostas por anos de péssimas gestões.

Por favor, salvem o Botafogo! Fala-se num grupo de investidores e na tão esperada criação do Botafogo S.A. Mas assim, nesse caos? Difícil acreditar.