Botafogo tenta fechar Brasileirão 'no lucro' com vaga na Sul-Americana

Tatiana Furtado
Técnico Alberto Valentim quer fazer o Botafogo surpreender o Ceará

Pelo segundo turno do Botafogo — é a segunda pior campanha, à frente somente do Avaí —, chegar à última rodada do Brasileiro livre de qualquer risco de queda já pode ser considerado lucro. A possibilidade de ainda conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana neste domingo, às 16h, diante do Ceará, era pouco crível até mesmo para os mais otimistas.

Mas as chances existem, e o alvinegro vai tentar beliscar um lugar na competição. Ele, porém, não depende apenas de si. O time pode até mesmo empatar, desde que o Fluminense perca para o Corinthians, fora.

— Ficaria sem graça o Botafogo não disputar um campeonato internacional pela grandeza do clube. O ruim é que não dependemos só da gente, mas vamos fazer nossa parte e torcer contra o Fluminense — disse o zagueiro Marcelo.

A parte que cabe ao Botafogo poderia ser descomplicada, não fosse a situação do adversário. O Ceará tem mais a perder do que os cariocas: em 16º, luta para não voltar para a Série B. Se empatar, escapa independentemente do resultado de Cruzeiro x Palmeiras.

Para a partida, o time de Argel Fucks terá três desfalques por suspensão. O novo técnico vai promover algumas mudanças. Mas o espírito não mudará.

—De maneira nenhuma podemos entrar em uma partida decisiva pensando em empatar — afirmou o meia Ricardinho.