Botafogo vence o Corinthians por 1 a 0 e respira no Campeonato Brasileiro

Bruno Marinho

Existe um pote de ouro no fim do arco-íris chamado Botafogo SA, com o qual todo torcedor alvinegro se delicia em sonhar. Neste domingo, o time deu passo importante para fazer essa travessia, dos dias de penúria rumo ao sonho de riqueza, ao vencer o Corinthians por 1 a 0, no Nilton Santos.

Apesar da vitória, faltou mais uma vez futebol ao time treinado por Alberto Valentim. Mas, honestamente, isso é o que menos importa a essa altura do Campeonato Brasileiro. O que o Botafogo quer é terminar o ano na Primeira Divisão e pavimentar o caminho para a transformação do clube em empresa. Neste sentido, os três pontos mal jogados valem tanto quanto os conquistados com espetáculo.

Por falar em show, o que se viu mais perto disso neste domingo no Nilton Santos veio da arquibancada, novamente bem frequentada pela torcida alvinegra. Foram 20.666 pagantes que testemunharam o time abrir quatro pontos da zona de rebaixamento. Não foi pelo futebol feio que viu em campo que ela cantou. É por um futuro de dias melhores que ela insiste em fazer a sua parte.

Faltam agora quatro partidas para o Botafogo finalmente respirar aliviado — na ordem, Chapecoense, Internacional, Atlético-MG e Ceará. Ao menos na teoria, nada muito mais difícil do que enfrentou ontem no Nilton Santos. Diante do Corinthians, a equipe foi pressionada no campo de defesa na maior parte do tempo. Quando encontrou uma escapada, fez o seu gol, resultado de uma boa trama entre Fernando, Alex Santana e Diego Souza aos 18 minutos do primeiro tempo.

No mais, o Botafogo segurou o resultado graças à mistura da incompetência do Corinthians, que definitvamente atravessa um ano apagado, com a entrega dos jogadores. Não vai ser fácil, mas o fim do arco-íris está mais perto agora do que estava antes.

- Sabíamos que seria uma partida muito importante para nós, devido o resultado do Cruzeiro contra o Santos. Estamos de parabéns, a torcida também, ela fez um excelente espetáculo hoje. Vamos seguir firmes na sequência do campeonato - afirmou Alex Santana.