Botafogo vence o Santos por 3 a 0 em noite de brilho de Lucas Fernandes e entra no G8 do Brasileirão

É claro que para o torcedor alvinegro, a temporada só terá um final feliz se a vaga para a Libertadores for conquistada. Afinal, o time está próximo disso. Com a vitória por 3 a 0 contra o Santos, o Botafogo terminou a rodada no G8 e, se vencer o Athlético-PR no domingo, estará garantido na competição e pode até se classificar diretamente para a fase de grupos.

Mas mais do que isso, o bom resultado no Nilton Santos é uma resposta positiva ao torcedor de um elenco que cumpriu bem o objetivo traçado para 2022. Em um ano de diversas transformações em decorrência da SAF, a diretoria traçou como meta a permanência na Série A. Mesmo com alguns percauços durante o caminho, o time de Luís Castrou fez o planejado e pode conquistar a cereja no bolo, que é a volta do Botafogo para a Libertadores depois de seis anos.

Como virou costume nos últimos jogos em casa, o Botafogo começou com um volume ofensivo intenso e pressionou o Santos. Jeffinho e Tiquinho Soares perderam boas chances logo nos primeiros dez minutos. Menos mal que, aos 12, Lucas Fernandes, que já vinha de ótimas jogadas construídas, marcou um golaço em chute de canhota fora da área.

Por mais que tenha sido controlado pelo Botafogo, o primeiro tempo terminou sem mais gols.

Na segunda etapa, o alvinegro manteve o ritmo lá em cima e matou a partida com tranquilidade. Primeiro, Lucas Fernandes, dono do jogo, marcou outro bonito gol de canhota. E depois, Tiquinho aproveitou rebote de Jeffinho e marcou seu sexto gol com a camisa do Botafogo.

Assim, pouco mais de 28 mil torcedores voltaram para casa felizes com a atuação da equipe e esperançosos com a vaga na Libertadores.